O que mais nos agrada nos nossos amigos é a atenção que eles nos dedicam". (
Tristan Bernard )

quarta-feira, 8 de abril de 2020

Bancos não poderão descontar débitos de quem receber o auxílio emergencial

Os bancos não poderão descontar do auxílio emergencial as eventuais dívidas que o cliente tenha com a instituição. Segundo informou o ministro da Cidadanina, Onyx Lorenzoni, o governo fez acordo com a Federação Brasileira de Bancos (Febraban) para que os R$ 600 sejam integralmente entregues ao trabalhador informal. O líder do PDT, senador Weverton (MA), entende que os brasileiros precisam desse dinheiro para sobreviver neste momento de crise do coronavírus. O presidente do Senado, senador Davi Alcolumbre, elogiou a decisão do ministro da Cidadania. 

Fonte: Agência Senado

Nenhum comentário:

Postar um comentário