O que mais nos agrada nos nossos amigos é a atenção que eles nos dedicam". (
Tristan Bernard )

quarta-feira, 6 de maio de 2020

Comarca de Alagoa Grande registra mais de 2.600 atos judiciais dentro de dois meses

Seguindo orientações da Presidência do Tribunal de Justiça da Paraíba, a Comarca de Alagoa Grande vem fazendo a sua parte com a adoção do teletrabalho emergencial, mantendo em dia a prestação jurisdicional e a produtividade. Desde que teve início o home office, até o momento (16/03 a 04/05/2020), a unidade judiciária realizou 1.546 despachos, 586 decisões e 469 sentenças, sendo 305 com mérito e 26 homologatórias. No mesmo período, foram distribuídos 467 novos feitos e arquivados 184 ações.

Segundo explicou o juiz titular da Comarca, José Jackson Guimarães, foi significativa a determinação do teletrabalho pelo TJPB para ajudar no combate a propagação do Coronavírus. “Só com o isolamento social é que se consegue deter esse vírus. Todavia, isso não significou que a prestação jurisdicional deveria ficar paralisada no período, pois apenas ficou sem o contato presencial, mas Justiça estadual não parou”, ressaltou.

O magistrado destacou, ainda, que a Comarca de Alagoa Grande é Vara Única, com competência em diversas matérias, e, por isso, também foram realizadas 26 sentenças penais nos processos físicos, e, no Sistema Eletrônico de Execução Unificado (SEEU), que trata do cumprimento das execuções penais, foram prolatadas 11 sentenças, 10 decisões e 20 despachos. Ele informou, igualmente, que a unidade judiciária destinou, por meio de portaria, o valor de R$ 3.700,00 para ajuda na compra de material médico e de limpeza para o combate à Covid-19.

José Jackson revelou que a Vara Única de Alagoa Grande tem como assessor Flávio da Silva Ferreira, e os servidores Euclides Lucindo da Silva filho e Mackson Leandro Marinho de Almeida. “Fizemos algumas reuniões por videoconferência, e criamos um grupo de whatsApp, onde são discutidas estratégias e cobradas metas. No início do mês de abril, verificamos que existiam mais de 200 processos conclusos no gabinete do ano de 2019, e conseguimos despachar e sentenciar todos estes feitos. 


Atualmente, só temos processos conclusos do ano de 2020”, pontuou o magistrado, acrescentando que foi criada uma lista no whatsApp, direcionada aos funcionários, onde são enviadas orientações, além do contato constante com o chefe do cartório.

Em Alagoinha - O juiz informou, também, que responde pela Comarca de Alagoinha, e que, no mesmo período, registrou a seguinte produtividade: 72 processos distribuídos, 325 ações arquivadas, 181 sentenças prolatadas, 86 decisões e 193 despachos. Na unidade judiciária, trabalham Alison da Silva Andrade (assessor) e mais quatro servidores no cartório.

Por Lila Santos/Gecom-TJPB

Nenhum comentário:

Postar um comentário