O que mais nos agrada nos nossos amigos é a atenção que eles nos dedicam". (
Tristan Bernard )

segunda-feira, 17 de maio de 2021

Lideranças do PT disputam por vaga de candidatura a deputado federal em 2022

 

O Partido dos Trabalhadores na Paraíba enfrenta uma disputa interna. Duas lideranças do partido desejam disputar uma vaga na Câmara Federal nas eleições de 2022. O deputado federal Frei Anastácio prontamente declarou que vai a busca de sua reeleição. Já o ex-deputado Luiz Couto, que disputou em 2018 o cargo de senador e perdeu, ficando sem mandato político, anunciou recentemente que irá disputar a vaga de deputado federal mais uma vez no próximo ano.

Sobre o anúncio do ex-parlamentar, o deputado Frei Anastácio declarou nesta segunda-feira (17), em entrevista a rádio Correio FM, que não teme a concorrência com o Padre Couto e afirmou que quanto mais candidatos o partido tiver melhor.

“Nem eu atrapalho ele, nem atrapalharia. Eu acho que é muito importante que Luiz seja candidato a deputado federal porque nós vamos precisar de votos no coeficiente, então vamos precisar de pessoas que tenham nome e que tenham trabalho prestado à Paraíba. Então não fico com medo nem preocupado com isso. Eu estou à disposição para ir à disputa com Luiz Couto e com outros companheiros do partido que coloquem o nome também para concorrer em 2022”.

O ex-deputado Luiz Couto, no entanto, disse que decidiu colocar seu nome na disputa porque sua candidatura tem o aval da Executiva Nacional do partido, e que foi um pedido do PT de que ele volte a disputar uma vaga na Câmara Federal.


“Lula queria que eu fosse candidato a prefeito de João Pessoa, e por questão de saúde e da pandemia, eu não pude porque tenho problema de diabete e hipertensão. Agora a Executiva Nacional acha importante que nós coloquemos nosso nome, e estamos conversando. O companheiro Paulo Teixeira, que é o secretário geral do PT, na última reunião remota que tivemos, disse ‘pode colocar o seu nome, nós vamos colocar as condições para que de fato você possa retornar a Câmara Federal’”, revelou Couto.

O Padre Luiz Couto disse ainda que não existe disputas internas e que cada uma tem o seu eleitorado e o seu espaço dentro do partido, e assim como Frei Anastácio, deixou claro a necessidade de nomes importantes para se chegar ao coeficiente eleitoral nas próximas eleições.

“Eu coloquei o meu nome a disposição do partido. Cada um tem o seu espaço, então, acho que na verdade o que é nossa prioridade é a eleição de Lula, inclusive porque hoje não temos mais coligação na proporcional, então um candidato sozinho não vai chegar ao coeficiente eleitoral. Então nesse sentido é importante que nós tenhamos presença. Eu trabalho na perspectiva de que tem pessoas que votam em mim porque me conhecem, sabem da minha história, sabem do meu compromisso. Acho que cada um tem seu espaço”, afirmou o ex-deputado.

Wscom

Nenhum comentário:

Postar um comentário