O que mais nos agrada nos nossos amigos é a atenção que eles nos dedicam". (
Tristan Bernard )

terça-feira, 20 de julho de 2021

Nova espécie de peixe do Nordeste recebe nome em homenagem a Jackson do Pandeiro


 Uma nova espécie de peixe, descoberta no interior do estado da Paraíba, recebeu o nome de Parotocinclus Jacksoni. A nomenclatura é uma homenagem a Jackson do Pandeiro, nome artístico de José Gomes Filho, compositor e cantor brasileiro de Forró e Samba. Jackson é natural de Alagoa Grande, município da Paraíba drenado pela bacia do Rio Mamanguape, uma das localidades onde foi encontrada a nova espécie.

Pertencendo ao grupo de peixes cascudinho, também chamados de limpa vidro ou chupa pedra, muito adorado pelos aquariofilistas - pessoas que possuem a prática de criação de peixes em aquários ou tanques, o Parotocinclus Jacksoni é um peixe pequeno com o corpo coberto de placas ósseas.

"A nova espécie tem uma coloração única e a quantidade de dentes diferente das outras espécies de cascudinhos que existem na região Nordeste. Parotocinclus Jacksoni, até então, só foi coletada na região de Caatinga da bacia do Rio Mamanguape, sugerindo uma distribuição geográfica restrita, sendo a única espécie desse gênero a ocorrer nesse rio", explica o biólogo Telton Ramos, um dos autores da descoberta.

Por se tratar de uma espécie endêmica dessa bacia hidrográfica, ou seja, uma espécie que só vive nesse local, é provável que grandes impactos ambientais na bacia possa levar a espécie a extinção. A descoberta, publicada na revista Journal of Fish Biology, foi feita por pesquisadores da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) e da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) que formam o grupo de pesquisa Peixes da Caatinga (@peixesdacaatinga).

Diário de Pernambuco

Nenhum comentário:

Postar um comentário