O que mais nos agrada nos nossos amigos é a atenção que eles nos dedicam". (
Tristan Bernard )

sexta-feira, 16 de julho de 2021

Seguindo Protocolo de Biossegurança, a Comarca de Alagoa Grande retoma Sessões do Júri

Tomando todas as medidas sanitárias de segurança e higienização contra o contágio da Covid-19, contidas no Protocolo de Biossegurança do Tribunal de Justiça da Paraíba, a Comarca de Alagoa Grande retomou, nesta quinta-feira (15), as sessões dos júris com réu preso. O julgamento popular de um homem acusado de homicídio ocorreu de forma presencial e foi presidido pelo titular da Vara Única da Comarca, juiz José Jackson Guimarães.

“Este é o primeiro júri que realizamos em 2021, pois o Município, neste momento, se encontra em bandeira amarela”, explicou José Jackson. De acordo com o magistrado, o julgamento ocorreu na forma presencial, e que no momento do júri, todos usaram máscaras, álcool em gel, foi respeitado o distanciamento social e houve a restrição da participação de pessoas, para evitar aglomeração.

 O diretor do Fórum lembrou que as audiências estão sendo realizadas de forma remota, por videoconferência, inclusive os casamentos. “Todavia, os processos de competência do júri, não permitem a realização deste ato pelo sistema de vídeo, por isso temos que realizar de forma presencial”, observou.

A gerente do Fórum, Euzebiana de Cássia Alves de Melo, salientou que todos os cuidados foram tomados, como a utilização de cabines de proteção de acrílico, com o objetivo de garantir a prestação jurisdicional com segurança e da melhor forma. Ela lembrou que Alagoa Grande está com a vacinação da população em ritmo acelerado, sendo imunizados, atualmente, pessoas com 35 anos, sem comorbidade, e 18 anos, com comorbidade.

“Realizamos a limpeza do salão do júri, para que jurados e equipe se sentissem protegidos, devido ao momento pandêmico que estamos vivenciando. Como se trata de um júri de réu preso, não podendo ser mais protelado, foi realizado com todo cuidado necessário, de forma a deixar os jurisdicionados tranquilos”, pontuou Euzebiana Alves.




Por Lila Santos

Nenhum comentário:

Postar um comentário