O que mais nos agrada nos nossos amigos é a atenção que eles nos dedicam". (
Tristan Bernard )

sexta-feira, 11 de outubro de 2019

Escultura de Jackson do Pandeiro é destruída por vândalos em João Pessoa

No ano do seu centenário de nascimento, o paraibano Jackson do Pandeiro “recebe um presente da falta de civilidade”: escultura em sua homenagem, instalada na Praça Rio Branco, em João Pessoa, foi praticamente destruída por vândalos.

A inauguração da escultura em homenagem a Jackson do Pandeiro, na Praça Rio Branco, localizada no Centro de João Pessoa, ocorreu no dia 31 de agosto de 2012, data em que o artista homenageado estaria completando 93 anos de idade. A obra é de autoria do artista plástico Jurandir Maciel.

Na oportunidade, esteve presente na solenidade de inauguração dona Neuza Flores, viúva do homenageado. Quem abriu o evento foi a Banda Municipal 5 de Agosto, seguida pelo Coral Vozes da Infância, que apresentou um repertório baseado em sucessos de Jackson do Pandeiro, como ‘Sebastiana’ e ‘Cantiga do Sapo’. A obra foi instalada pela Prefeitura de João Pessoa.

Acima, a foto da escultura (registrada por Andréa Gisele) no dia da sua inauguração. Além do corpo completo do músico, a escultura reproduz também um pandeiro e um banco de praça. Assim, as pessoas que passarem pelo local poderiam interagir com a estátua e posar para fotos. A obra de arte, fundida em bronze, tem 1,80m de altura e pesa aproximadamente 600 quilos.

Diário da Paraíba – Fotos: Geovani Rezend

Nenhum comentário:

Postar um comentário