O que mais nos agrada nos nossos amigos é a atenção que eles nos dedicam". (
Tristan Bernard )

quarta-feira, 16 de junho de 2021

Palmeirense ergue placa na hora de se vacinar: “A gripezinha do Bolsonaro matou meu pai e minha mãe”

 Parte da população tem aproveitado o momento da vacinação contra a Covid-19 para responsabilizar o presidente Jair Bolsonaro pelas mortes em decorrência da doença, especialmente quando as vítimas são familiares. Nesta quarta-feira (16), quem fez o protesto foi Angell Melo, morador de Alagoa Grande (PB).

Torcedor do Palmeiras, Melo foi ao posto de vacinação com uma camiseta da torcida organizada Mancha Verde e uma placa com os dizeres: “A gripezinha do Bolsonaro matou meu pai e minha mãe. #ForaBolsonaroGenocida”. No início da crise sanitária, o presidente se referiu ao coronavírus, que já matou quase 500 mil brasileiros, como “gripezinha”.

https://revistaforum.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário